Sunday, 8 April 2012

[EXCLUSIVO] Entrevista a Leonor Grácias - Cosplayer Portuguesa


                         Fotografa: Rute Trindade                    Fotografo: Tiago Vieira

E agora, algo completamente diferente. Cosplay. Já ouviram falar? 

Pois bem, passamos a explicar. Cosplay é uma abreviação de uma expressão em Inglês - "costume play". Originário do Japão, fazer cosplay de um personagem significa que a pessoa irá vestir-se e agir como o personagem de uma particular animação, banda desenhada, jogo, filme ou até um personagem original. Essas pessoas são chamadas cosplayers.

A grande maioria das vezes, o cosplay é elaborado quase sempre pela pessoa que o usa. É preciso imaginação e criatividade para trazer um desenho animado para a vida real, e tornar-se na sua versão de carne e osso! Não é fácil, caros leitores. No entanto, há quem opte pelo caminho mais curto para um bom tempo de diversão a encarnar outros characters.

Há diversas lojas online onde se podem comprar fatos e acessórios já feitos, e esta opção costuma ser a predilecta de pessoas que gostam de fazer cosplay mas que ou não têm tempo para elaborarem os seus próprios trajes, ou que não acham ter a capacidade para os fazer eles mesmos.

Portugal não é excepção. Existem diversas lojas famosas entre o círculo de cosplay que vendem merchandise de manga, anime, e acessórios para cosplay. Alguns exemplos das lojas mais reconhecidas nacionalmente seriam a Kingpin e a Tsubaki
A nível nacional, existem também uma minoria de cosplayers que nós, como apaixonadas da cultura Japonesa que somos, consideramos verdadeiramente bons. Leonor Grácias é um deles.

A Leonor esteve recentemente em Londres, onde eu vivo, e tivemos a oportunidade de nos juntar para criar uma sessão fotográfica realmente memorável.

Quem já viu o anime Trinity Blood, sabe que é passado num cenário bastante victoriano, e não há sítio mais bonito e mais victoriano do que Londres num dia de Primavera solarengo. Nesta ocasião, a Leonor trouxe para Londres o seu cosplay de Esther Blanchett, um dos personagens principais do anime. Usando uma imagem do artbook como referência, tentámos obter uma foto que reproduzisse esse sentimento.

Vejam a entrevista com a Leonor em baixo!

Fotografa: Rute Trindade

Yeobo: Leonor, quando é que começaste a fazer cosplay?
Leonor: Comecei por volta de 2004. Foi quando tive as primeiras tentativas falhadas de fazer cosplay. Mas o meu primeiro evento foi em 2005.

Yeobo: Quando é que tiveste contacto com o cosplay pela primeira vez?
Leonor: Comecei a ver na net muitos fatos à venda, e queria tê-los! Principamente os de Sakura, a Caçadora de Cartas, mas nessa altura era muito mais perigoso comprar coisas vindas do estrangeiro. Por isso tentei fazer eu os fatinhos, sem sucesso, claro! Até que conheci uma amiga que me falou sobre as convenções cá em Portugal. Foi aí que pedi ajuda à minha Avó.

Yeobo: Em quantas competições já participaste?
Leonor: Muitas mesmo. Por agora, não estou a participar em nada, mas ganhei a última em que participei, o ECG. Antes disso tinha estado novamente cerca de um ano sem participar em nada.

Yeobo: E quantos prémios já ganhaste?
Leonor: Também tenho bastantes, especialmente diplomas. Torna-se díficil lembrar-me de todos ao fim de uns tempos.

Yeobo: Quantos personagens diferentes já fizeste?
Leonor: Só me fazes perguntas difíceis! Cerca de 40 personagens diferentes, mas em termos de fatos e cosplays já fiz mais de 80.

Yeobo: Qual foi o que gostaste mais e porquê ?
Leonor: O que mais gostei foi o de Mirka Fortuna de Trinity Blood. Adoro como o fato ficou, está muito mimoso: cor de rosa como eu adoro e cheio de brilhos e detalhes! E também adoro o personagem pelo facto de parecer uma menina, mas já ser uma mulher feita. Ah e é vampira!

Yeobo: No que costumas ter mais dificuldade?
Leonor: Quando começo com um cosplay tenho imensas ideias, e depois vou-me esquecendo. Às vezes perco-me porque um cosplay para ser feito, leva o seu tempo. Tenho as ideias antes de começar a cortar os tecidos, e como levo muito tempo a preparar as coisas para que fique tudo certinho, acabo por me esquecer das ideias que tive para decorações e afins. Para mim os moldes também são muito chatos.

Yeobo: Usas muitas coisas que já tenhas, ou tens sempre que comprar acessórios novos?
Leonor: Reutilizo muitas das minhas coisas. Não desfaço cosplays antigos, mas há coisas que comprei para cosplay X que acabei por não usar, e lembro-me que podem servir para outro. Com tecidos então... Acontece-me muitas vezes comprar tecido para um cosplay, não o fazer, e depois lembrar-me de outro fato para onde aquele tecido poderia ir. Mas ainda bem que isso acontece. Também reutilizo muito 'restos' de tecido e etc, para poupar mais. Com as perucas, tento ao maximo reutilizá-las e evito comprar mais porque são caras, e muitas vezes só se usam uma vez.



Yeobo: O que achas que seja preciso para se ser um bom cosplayer?
Leonor: Ter imaginação, criatividade, paciência. Para mim são as 3 "palavras" para descrever um bom cosplayer. Mas claro, estar parecido ao personagem, um fatinho bom, peruca boa, maquilhagem, skit certo, entre outros, faz com que a pessoa se destaque. Existem muitos cosplays bons, mas há uns que se destacam mais por outras qualidades.

Yeobo: De todos os eventos de cosplay aos quais ainda não foste, a qual gostavas mais de ir?
Leonor: Aos Portugueses já fui a todos, até aos mais antigos, que entretanto deixaram de existir. Adorava ir a um World Cosplay Summit, no Japão! Mas pronto, este ano já vou estar no palco do ECG em Paris, que tem o sistema de luzes mais épico que já vi!

Yeobo: Costumas ter um orçamento para os teus cosplays?
Leonor: O meu orçamento é o dinheiro que tenho na conta. Mas como odeio gastar todo o meu dinheiro de uma vez, (mesmo que seja numa coisa que gosto, porque estamos em tempo de crise e porque tenho de pensar no futuro - também porque tenho coisas para pagar) tento sempre ser o mais razoável possível em termos de materiais. Posso comprar algo mais barato uma vez, e algo mais caro porque é preciso. Mas nunca passei dos 500/600 euros.

Yeobo: Podes recomendar-nos lojas onde geralmente compras os teus materiais?
Leonor: Posso recomendar dois locais: Baixa Chiado e Martim Moniz. Compro sempre lá muita coisa em todas as lojas, e claro no Barreiro - onde moro - vou às lojas dos chineses locais porque têm muitas das coisas que preciso. Isso é porque já somos quase família!

Yeobo: O que gostarias de dizer a quem sempre quis experimentar cosplay e nunca teve coragem?
Leonor: Não tenham vergonha! Até vos aconselho a fazerem cosplay no Carnaval ou numa festa mascarada para experimentarem. Vão ver que se sentem mesmo bem a fazer o que gostam! Depois já podem tentar ir a um evento. Não tenham vergonha até de irem sozinhos: toda a gente é simpatica e adora meter conversa! Também nao se importem se começarem com um cosplay mais fraquinho ou sem peruca, lembrem-se que quase todos os cosplayer à vossa volta também começaram assim. È algo para se divertirem, logo, eventualmente vão ter tempo de aprenderem e levarem isto um bocadinho mais a sério - no bom sentido, claro!

Yeobo: Quantos países já visitaste por causa da tua paixão por cosplay?
Leonor: Bastantes. Sempre que vou de férias, e consigo, levo um cosplay dentro da mala de viagem, mesmo não tendo muito espaco. Tanto para dentro de Portugal, como para fora. Já estive em França, Espanha, Reino Unido... Até pode ser que vá a muitos mais!

Yeobo: Quem são os teus ídolos de cosplay?
Leonor: Antes tinha ídolos, agora já não. Continuo a adorar imensos cosplayers, mas não posso dizer que sejam ídolos. Gosto bastante das cosplayers russas! Adoro a Yaya, pois não so é cosplayer como é designer: adoro as criações dela. Também gosto das Spcats, um grupo de cosplayers da Coreia.

~

Muito obrigada pelo teu tempo, Leonor! Esperamos que tenhas muito sucesso!

7 comments:

Uncia82 said...

Vê-se que ela ama mesmo isto! Inicialmente não tinha jeito mas pelos vistos não desanimou! :) Deve ser óptimo vestir-mo-nos das nossas personagens preferidas :)

afonso said...

e um trabalho a sériio??? LOL

DevilDoll said...

E deixares de ser retardado??? LOL

afonso said...

ui calma lá que agora nao podemos ter opinião LOOL we've got a badass in hereeee

DevilDoll said...

Meu caro, podes ter a opinião que quiseres. Não tenho é que gramar com ela no meu blog. Got it ?

afonso said...

Se nao tens coragem para lidar com opinioes, qer sejam elas boas ou mas, nao metes nada na net... ou achas k o mundo tem todo k concordar ctg? LOOOL que PITAS RIDICULAS

DevilDoll said...

Jovem, não tenho culpa que tenhas 13 anos e ainda não te saibas masturbar. Agora agradeço é que não venhas libertar as tuas frustrações sexuais para o meu blog. Agora vai lá brincar com a piroca e desempara-me a loja.

Post a Comment